Blogger
Twitter
Facebook
mariolago100@globo.com
Home >> O Multimídia>> Cinema
Cinema

(ator/autor)

Ano

Filme 

Direção 

1939

Banana da Terra

(argumento e roteiro de Braguinha e Mário Lago)

Ruy Costa

1947

O Homem que chutou a consciência

 

Ruy Costa

 

Asas do Brasil

Moacyr Fenelon

 

1948

Terra violenta

Edmond Bernoudy

 

1949

Uma luz na estrada

Alberto Pieralisi

O homem que passa

Moacyr Fenelon

1950

A sombra da outra

Watson Macedo

1952

Está com tudo

(estória de Mário Lago e José Wanderley)

Luiz de Barros

Pecadora imaculada

Rafael Mancini

1953

Balança, mas não cai

Paulo Vanderley e

Nelson Pereira dos Santos

1955

O golpe

(estória de Mário Lago e José Wanderley)

Carlos Manga

1957

Papai fanfarrão

(estória de José Wanderley e Mário Lago, que também participou do elenco)

Carlos Manga

1959

O cupim

(estória de Mário Lago)

Carlos Manga

1961

Mulheres, cheguei!

Victor Lima

1962

Assalto ao trem pagador

Roberto Farias

Assassinato em Copacabana

Eurídes Ramos

1965

História de um crápula

Jece Valadão

1966

O padre e a moça

Joaquim Pedro de Andrade

Cuidado, espião brasileiro em ação

Victor Lima

Essa gatinha é minha

(roteiro de Mário Lago, também no elenco)

Jece Valadão

Nas ondas do iê-iê-iê 

Aurélio Teixeira

1967

Terra em transe

Glauber Rocha

1968

O bravo guerreiro

Gustavo Dahl

Na mira do assassino

Mario Latini

Massacre no supermercado

J. B. Tanko

Vida provisória

Maurício Gomes Leite

Dezesperato

Sérgio Bernardes Filho

Incrível, fantástico, extraordinário

Adolpho Chladler

1969

Tempo de violência

Hugo Kusnet

1970

Pedro Diabo ama Rosa Meia Noite

Miguel Faria Júnior

Balada dos infiéis

Geraldo Santos Pereira

1971

Os herdeiros

Cacá Diegues

1973

São Bernardo

Leon Hirszman

Café na cama

Alberto Pieralise

1977

O velho Gregório

Daniel Filho

A menor violentada

Pedro Masó

1982

Homem de areia

Vladimir Carvalho

1983

Idolatrada

Paulo Leite Soares





CURIOSIDADES

Em 1939 na comédia musical “Banana da Terra”, Carmem Miranda apareceu pela primeira vez caracterizada de baiana, personagem que a lançou internacionalmente. O filme apresentava clássicos como "O que é que a baiana tem", que lançou Dorival Caymmi no cinema; "A jardineira", na voz de Orlando Silva; "Tirolesa", com Dircinha Batista; e "Sei que é covardia", com Carlos Galhardo. A história acontece numa ilha do Oceano Pacífico, chamada Bananolândia, que produz muita banana, mas não tem pra quem vender. A Rainha (Dircinha Batista), por inspiração do conselheiro-mor (Oscarito), resolve vender para o Brasil. Do filme, só restou o trecho em que Carmem Miranda interpreta "O que é que a baiana tem"






Em 1941 o filme “Segure o Fantasma (Hold that Ghost) da dupla Abbot & Costello, inclui versão em inglês da marchinha carnavalesca Aurora (de Mário Lago e Roberto Roberti) apresentada pelas Andrew Sisters. A marcha, lançada no carnaval daquele ano, fez grande sucesso com a dupla Joel e Gaúcho. Carmen Miranda incluiu em seu repertório, divulgando-a nos Estados Unidos, onde teve 17 gravações.






Em 1954, no filme de De Alex Viany “Rua sem sol”, o samba-canção “Rua sem sol” (Mário Lago e Henrique Gandelman) foi tema principal do filme homônimo, na gravação de Ângela Maria.

Apoio
Patrocínio






design: ANDRE BELLO    |    desenvolvimento: ESTETIC RUBBER