Blogger
Twitter
Facebook
mariolago100@globo.com
Home >> Poemas e poesias >> Embora você não creia
Embora você não creia
Embora você não creia
Não custa nada espiar
O amor que escrevi na areia
Nem o mar pode apagar

Veio quieto... Veio mudo
Me enredou em sua teia
Amo você mais que tudo
Embora você não creia

O meu peito é livro aberto
Sem folhas pra se rasgar
Você não crê?... Chegue perto
Não custa nada espiar

Mas chegue sem muita pressa
Se não você se incendeia
Pois no fogo é que começa
O amor que escrevi na areia

Paixão e sangue nas veias
Fizeram do meu cantar
Rimas que são das sereias...
Nem o mar pode apagar
Apoio
Patrocínio






design: ANDRE BELLO    |    desenvolvimento: ESTETIC RUBBER