mariolago100@globo.com
Home >> Literatura
Literatura
O POVO ESCREVE A HISTÓRIA NAS PAREDES
Primeiro livro de Mário Lago, escrito em 1948, reúne poemas políticos que abordam temas como o direito à terra, a defesa dos trabalhadores, a luta em defesa do petróleo brasileiro, entre outros. Ele inclui ainda paródias do próprio Mário para algumas de suas músicas mais famosas, como Amélia.

Clique aqui para acessar e imprimir o livro, um presente para você.
1º DE ABRIL (ESTÓRIAS PARA A HISTÓRIA)
Escrito logo após o golpe militar de 1964, narra fatos e apresenta personagens vividos e conhecidos pelo autor durante sua "estada" nos presídios da Ilha das Flores e Fernandes Vianna (Ed. Civilização Brasileira).
REMINISCÊNCIAS DO SOL QUADRADO
Edição revista e ampliada do livro "1º de abril" lançada na década de 1970 (Ed. Agir).
NA ROLANÇA DO TEMPO
Primeiro volume das memórias de Mário Lago. Lançado na década de 1970, abrange o período do nascimento até a década de 1940, abordando as experiências e relações pessoais, familiares, políticas e profissionais do autor. (Ed. Civilização Brasileira).
BAGAÇO DE BEIRA ESTRADA
Segundo volume das memórias, lançado também na década de 1970, narra as experiências do autor da década de 1940 até a sua demissão da Rádio Nacional, em 1964, por Ato Institucional do regime com o golpe militar. (Ed. Civilização Brasileira).
CHICO NUNES DAS ALAGOA
Pesquisa sobre o poeta cantador Francisco Nunes Brasil (Chico Nunes), realizada durante as filmagens de São Bernardo (Leon Hirzman), na década de 1970 (Ed. Civilização Brasileira).
NO RABO DA NOITE
Livro de contos lançado na década de 1970 (Ed. Civilização Brasileira).
MANUSCRITOS DO HERÓICO EMPREGADINHO DE BORDEL
Versão romanceada das aventuras do jornalista Henrique João Cordeiro Filho (cunhado do autor), em fuga dos órgãos da repressão, até seu pedido de asilo político na Anunciatura Apostólia (DF). Década de 1970 (Ed. Civilização Brasileira).
MEIA PORÇÃO DE SARAPATEL
Reunião de casos, poesias, frases e historietas. Década de 1980 (Ed. Rebento).
O MONSTRINHO MEDONHENTO
Único livro infantil do autor, narrando as aventuras e desventuras de Medonhento, um monstrinho que se recusa a ser mau. Década de 1980 (Ed. Moderna).
16 LINHAS CRAVADAS
Historietas escritas no rigor de caberem em exatas 16 linhas impressas. O livro inclui a versão completa de "As Figueiríadas", poema épico construído à semelhança de "Os Lusíadas (Luís de Camões), mas na linha da sátira política. Tem como alvo as inúmeras intervenções grotescas do presidente João Batista Figueiredo. O poema foi considerado uma obra prima pelo poeta Carlos Drummond de Andrade. Década de 1980 (Ed. Cosac Naify).
SEGREDOS DE FAMÍLIA
Este livro é uma celebração coletiva de amor, juntando Mário Lago, a mulher Zeli e os cinco filhos – Vanda, Antonio Henrique, Graça Maria, Kakalo e Mário Lago Filho. Produzido em 1991, para comemorar, de forma original e calorosa, os 80 anos do chefe do clã, este verdadeiro “bolo literário” reúne prosa, verso, fotografia e reflexões. (Ed. Civilização Brasileira).
Apoio
Patrocínio






design: ANDRE BELLO    |    desenvolvimento: ESTETIC RUBBER